• Accueil
  • > Archives pour septembre 2008

29 septembre, 2008

Curioso

Andaram dizendo que graças ao governo petista a classe « mérdia » é maioria no Brasil de hoje. Depois dessa lorota, os blogueiros de esquerda pararam de fazer pouco da classe « mérdia ».

25 septembre, 2008

Logo teremos eleições nos Estados Unidos

Classé dans : Le moins imparfait de tous les mondes imparfaits — jorgenobre @ 22:28

Mas ainda estou para ver o « analista » econômico brasileiro para se lembrar disso, quando « analisa » a crise americana. (Qual o partido de santos que dirá ao povo que o governo não vai mais ajudar o povo a ter sua casa própria, em ano eleitoral?).

Por incrivel que pareça, o analista menos mané é o Rodrigo Constantino.

19 septembre, 2008

O mundo gira e a lusitana roda…

Classé dans : Blogs,Hommage à  DGR,Y asi pasan los dias... — jorgenobre @ 0:04

Milagres acontecem. O terço da Carol Castro conseguiu juntar o Rodrigo Constantino e o Pedro Sette Câmara contra quase todo o resto da direita. A direita da internet, é claro. Existe direita em outro lugar, no Brasil? Favor não me ofenderem me colocando ao lado do Maluf. Já basta o google fazer isso.

Eu acho que a Carol Castro é mais uma atriz vulgar, com um puta corpo e uma cabeça de merda. Eu acho que um católico teria toda razão em se sentir ofendido, se se sentir. E eu acho também que não, de jeito nenhum suas fotos devam ser censuradas. Já é muito triste ter que dizer isso. Se os católicos acharem que podem proibir Carol Castro, logo irão querer proibir Flaubert, Eça de Queiróz, Juan Rulfo

Duvidam? Fizeram isso com Nelson Rodrigues, sabem?

No Correio da Manhã, uma crítica estreante não titubeia em aplaudir a tentativa de interdição da peça e considerá-la um « ponto de partida para uma luta de raça, com o intuito de engendrar ódios e desordens sociais ». Um grupo de senhoras, ex-alunas do Colégio Sacré-Coeur, se reúne sob a presidência do reitor do Colégio Santo Inácio e consegue 64 assinaturas para um documento que apóia a ação da censura. Nos jornais, a polêmica gira em torno do uso de músicas e orações católicas durante a cena do funeral.

Nada contra nenhuma religião, mas tudo pela arte! E só há arte onde há liberdade.

13 septembre, 2008

Entre Cristo e o mau ladrão

É onde o google me colocou.

11 septembre, 2008

 dans Le moins imparfait de tous les mondes imparfaits fairrington

9 septembre, 2008

Bem que eu tento…

…não citar tanto o negão, mas não adianta! Ele é muito bom!

The agenda of the left is fine for the world that they envision as existing today and the world they want to create tomorrow.

That is a world not hemmed in on all sides by inherent constraints and the painful trade-offs that these constraints imply. Theirs is a world where there are attractive, win-win « solutions » in place of those ugly trade-offs in the world that the rest of us live in.

Theirs is a world where we can just talk to opposing nations and work things out, instead of having to pour tons of money into military equipment to keep them at bay. The left calls this « change » but in fact it is a set of notions that were tried out by the Western democracies in the 1930s– and which led to the most catastrophic war in history.

For those who bother to study history, it was precisely the opposite policies in the 1980s– pouring tons of money into military equipment– which brought the Cold War and its threat of nuclear annihilation to an end.

7 septembre, 2008

Coisas de Idiota

Como é que pode tal coisa?

3 septembre, 2008

O que o Olavão, os radicais de esquerda, os religiosos em geral, os militares e os libertários têm em comum?

Eles não gostam quando um político age como político. É o que eles têm em comum.

Whatever independence from the Republican machine Governor Palin may once have had ended as soon as she accepted John McCain’s offer. That should have been obvious to all during her announcement speech on Friday, in which, in true McCain style, she whipped up a crowd of howling patrioteers with talk of 9/11, Iraq, and the surly Russian bear, while simultaneously pandering to feminists by promising to smash a glass ceiling. We’ll be hearing a lot more of the same in weeks to come.

Muito bem! O que queria o Daniel McCarthy? Ele queria que a alaskense fizesse um discurso violento rejeitando a indicação e denunciando a máquina neocon, para que? Para nunca mais sair do frio?

SAINT DENIS D'AVENIR |
Erratum |
Pascal-Eric LALMY |
Unblog.fr | Créer un blog | Annuaire | Signaler un abus | Association pour une Meille...
| NON A GILBERT ANNETTE
| Nantes Démocrate 2008